Docentes da ESEG têm artigo aprovado em revista científica de excelência internacional

https://eseg.edu.br/media/bancos/premiaca_enanpad.jpeg

Tese de doutorado de Aline Barbosa tratou sobre a violência contra a mulher e foi premiada no maior congresso de Administração da América Latina

O artigo científico escrito por Aline Barbosa e Marcello Romani, professores da ESEG, foi publicado na Revista de Administração Contemporânea (RAC) no tópico de Comportamento organizacional e individual. Considerado pelo Qualis Capes como excelência internacional, o periódico aborda pesquisas na área de Administração e Ciências Contábeis. No ano passado, durante o  XLIII Encontro da ANPAD - EnANPAD 2019, o artigo foi premiado na área de Estudos Organizacionais.

Para ser publicado na RAC o artigo passa por duas etapas de avaliação: uma de aceitabilidade pelos editores; e outra pela revisão por pares duplo-cego. Por meio de submissão on-line, o artigo aprovado na primeira fase é direcionado aos revisores que possuem experiência com relação ao tema. Entre as características necessárias para que o artigo seja aceito está um novo direcionamento sobre a Gestão de Negócios para que os tomadores de decisão possam utilizar para desenvolver uma estrutura ou teoria.

“Vemos uma grande oportunidade não só para nós, mas para a ESEG ter um artigo inserido em uma publicação reconhecida internacionalmente. Apesar de ser um periódico da área de Administração e Ciências Contábeis, outras áreas podem se beneficiar das pesquisas publicadas, o que é positivo para a multidisciplinaridade exigida pelos profissionais atualmente”, afirma a professora Aline Barbosa.

O propósito da Revista é fomentar a comunicação entre empresas, indústrias e instituições. Dessa forma, é possível que questões relacionadas à gestão de negócios tenham soluções de diversos ângulos. “O assunto atual e de grande relevância, tanto regional quanto internacional, possibilitou ao artigo a notoriedade de receber um prêmio ano passado e, agora, de ser publicado na Revista de Administração Contemporânea”, declara o professor Marcello Romani.

Intitulado como “The Facets of Women Commodification: Violence in the University Context in Administration” (As Facetas da Comodificação de Mulheres: Violência no Contexto Universitário de Administração), o artigo foi realizado como parte da tese de doutorado da professora Aline Barbosa e tem como intuito “trazer posicionamento para ajudar na transformação da violência contra a mulher como um todo”, relata a professora.

A ESEG entende a importância das pesquisas e incentiva docentes e alunos. Por isso, dispõe em sua grade Núcleos de Pesquisas de Logística, Sustentabilidade, Empreendedorismo, Economia e Finanças, Inteligência Artificial e Robótica e Criatividade Aplicada. Os seis temas acolhem alunos de todos os cursos oferecidos pela ESEG, pois a instituição preza pela pluralidade da formação do aluno.

“Desenvolver uma pesquisa ainda na graduação permite ao aluno uma capacidade analítica, além de melhorar o currículo não só no mundo acadêmico, mas também no mercado de trabalho. O apoio da ESEG aos alunos e para nós, docentes, é essencial para aprofundarmos nossos estudos”, ressalta o professor Romani.